Devocionais

Prudência


Por
De jane olson

(
(email protegido)
)

As quatro primeiras das sete virtudes (prudência, temperança, força e justiça) são chamadas virtudes cardinais. A palavra cardeal vem da palavra latina para dobradiça; Segundo o pensamento medieval, as virtudes cardeais eram fundamentais para viver uma vida moral.

A prudência é a primeira das virtudes cardeais. Hoje em dia, quando pensamos em prudência, podemos imaginar alguém que seja cauteloso, alguém que jogue pelo seguro. Mas a prudência realmente significa o bom juízo que vem da sabedoria. Uma pessoa prudente pode determinar quando pode ser necessário arriscar um bem maior, enquanto uma pessoa imprudente corre o risco de não calcular o custo. Prudência é a prática da sabedoria aplicada, que determina o que é virtuoso e o que não é.

Na abertura para Provérbios, Salomão nos diz que o temor do Senhor é o começo da sabedoria. Aqueles de nós que desejam ser prudentes, devem primeiro mostrar respeito e reverência a Deus, submetendo nossa razão e nossa vontade à sua orientação.

Certa vez, perguntei a um dos homens mais sábios que sei como me tornar sábio. Ele era diretor do ensino médio há mais de quarenta anos e, ao longo de sua carreira, tomou decisões difíceis que afetaram a vida de inúmeros alunos e seus pais. Quando lhe perguntei, ele riu baixinho e disse: "Bem, não sei se é sensato, mas passo muito tempo em oração".

Usado com permissão

Veja o Artigo Original em Inglês

Divulgação: Versículo da Bíblia

Deixe uma comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: