Devocionais

Na cultura obcecada das mídias sociais, que reino você está construindo?

( (email protegido) )

Se eu sou honesto, às vezes o negócio do entretenimento me assusta. Ao mesmo tempo, eu amo muito! Eu adoro a ideia de fazer parte de uma história, ou ser o meio para as pessoas escaparem da realidade por algumas horas e apenas aproveitarem. Eu particularmente adoro os projetos que impactam e levam as pessoas à ação. Na maioria das vezes eu não posso acreditar que atuar é o meu trabalho! Eu tenho momentos em que eu posso ser bastante emotivo, sensível e um pouco dramático, então atuar também me dá uma saída para explorar, aprofundar e expressar tantos níveis de emoção em um mundo alternativo. Diversão, certo? É uma maneira bonita de ter empatia pelas pessoas quando você se coloca no lugar delas, então naturalmente também me deixa mais compassivo com os outros.

Então, por que esse negócio me assusta, você pergunta?

Como atriz, você constantemente tem que "se promover", chame como quiser, mas basicamente você é um pônei no circo. Para ter a vanguarda, ser comercial ou ter uma carreira "bem-sucedida", há uma mentalidade de que você precisa ter seguidores e fãs que gastam dinheiro para ver qualquer projeto que você esteja fazendo a seguir, nós o seguimos nas redes sociais. obter algo se você endossa, e é o seu último post no Instagram.

Não me entenda mal, eu amo o Instagram e adoro receber mensagens de pessoas que viram projetos em que participei e quanto a história ou o personagem lhes contou. Eu sou um tipo de "palavras" muito, então isso me encoraja muito! Mas no meio de tudo isso, mensagens, comentários, elogios, críticas, seguidores, fanáticos, entusiasmo, decepção, marketing, promoção, temo a tendência de construir meu próprio reino. Temo a tendência de ser pego no que as pessoas pensam de mim e agradar aos outros. Se você é uma atriz, musicista, enfermeira ou escritora, tenho certeza que você pode se relacionar com isso.

No meio do mundo do Instagram do século 21, minha oração é que todos nós vivamos para uma audiência de um. Demasiadas vezes confiamos nas opiniões das pessoas à nossa volta e procuramos a aprovação dos nossos semelhantes. Começamos a nos comparar com os outros, nos perguntando se gostamos de pessoas ou se somos tão bons em uma determinada tarefa quanto achamos que deveríamos ser.

"Estou agora tentando obter a aprovação de seres humanos ou de Deus? Ou estou tentando agradar às pessoas? Se eu ainda estivesse tentando agradar às pessoas, eu não seria um servo de Cristo". Gálatas 1:10 NVI

Quando realmente vivemos para um público de um, que é onde sempre experimentamos a verdadeira liberdade, alegria, coragem e propósito. O Senhor sempre tem sempre Testado de novo e de novo Ele Ela é minha promotora e a grande orquestradora de tudo que acontece. Eu sei que Ele será fiel para fazer o mesmo por você. Não devemos nos preocupar com a aprovação dos outros, ou nos esforçar para avançar. Na verdade, estamos perdendo tempo se fizermos isso.

"Não faça nada por ambição egoísta ou presunção vaidosa, mas, humildemente, valorize os outros acima de você" Filipenses 2: 3 NVI

Outra passagem que vem à mente é Mateus 6: 1-4: "Cuidado para não pratique sua justiça na frente dos outros Para ser visto por eles. Se você fizer isso, você não terá uma recompensa de seu Pai no céu. Assim, quando você dá aos necessitados, não os anuncie com trombetas, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para ser honrado pelos outros. Em verdade, eu lhes digo que eles receberam sua recompensa na íntegra. Mas quando você dá para os necessitados, Não deixe sua mão esquerda saber o que sua mão direita está fazendo, para que sua oferta esteja em segredo. Então seu pai quem vê o que é feito em segredo? Isso te recompensará. "NIV (ênfase adicionada)

Vamos tentar encorajar uns aos outros e liderar pelo exemplo. Sejamos seguidores apaixonados de Cristo que o buscam para nossa confirmação. Em nossa própria caminhada e viagem, vamos nos certificar de que nossa motivação está no lugar certo. Não queremos construir nosso próprio reino em benefício dos seguidores ou da aprovação do homem. Porque essa é uma vida desperdiçada.

Em qualquer área de nossa influência, grande ou pequena, acho que Paulo escreveu corretamente: "Siga meu exemplo, ao seguir o exemplo de Cristo". 1 Coríntios 11: 1 NVI

MASEY McLAIN fez sua primeira marca real no filme quando interpretou o papel principal em seu primeiro longa-metragem, Não tenho vergonha. Ela continua sua carreira como atriz enquanto transmite uma mensagem de paixão e propósito para os jovens de hoje. Ela é o autor de Vale a pena (BroadStreet Publishing Group, Racine, WI).

Veja o Artigo Original em Inglês

Divulgação: Versículo da Bíblia

Deixe uma comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: