Devocionais

Fique na luz


Por
Por: Charles Stanley

(
(email protegido)
)

João usou a metáfora da escuridão e da luz para descrever uma vida de pecado versus uma vida em Cristo (1 João 1: 7). Deus é luz pura e perfeita (v. 5) que brilha através de uma pessoa obediente. No entanto, quando convidamos a escuridão, o pecado, para a nossa vida, há um conflito imediato. Escuridão e luz não podem se misturar.

O caminho para manter um espírito puro neste mundo sujo é confessar o pecado. Vamos ser claros Somos purificados pela obra de Jesus Cristo na cruz. Nada pode mudar a identidade de um crente redimido como o santo filho de Deus. No entanto, más ações interferem na comunhão entre nós e o Senhor. Se deixado sem controle, o pecado pode afogar nosso espírito tão completamente que apenas os finos raios de luz

de Cristo pode se espremer.

Confissão quebra o domínio. Concordamos com Deus que nossas ações, pensamentos ou palavras violam sua lei ou vontade. Embora seja tentador confessar de um modo geral: "Sinto muito se pequei contra você", isso não é um método útil para perseguir a escuridão. Nós devemos ser específicos sobre nossos erros. O Espírito Santo não é geral em sua convicção, ele aponta o problema exato. E Deus espera que lidemos com o pecado prontamente para que não fiquemos manchados ou tentados a continuar nesse caminho.

Crentes que honestamente reconhecem seus pecados e assumem a responsabilidade por isso, mantêm um relacionamento correto com o Senhor. A carta de João confirma o desejo de Deus de expulsar as trevas e nos manter completamente à luz de seu amor. Nossa parte é lidar rapidamente com a sujeira que Satanás e este mundo nos atiram.

Usado com permissão

Veja o Artigo Original em Inglês

Divulgação: Versículo da Bíblia

Deixe uma comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: